7 de dezembro de 2010

Escravos de Cristo [versículo]

Paz do Senhor Queridos!
Pela Graça de Deus mais um post para edificar nossas vidas.

Não sabem que, quando vocês se oferecem a alguém para lhe obedecer como escravos, tornam-se escravos daquele a quem obedecem: escravos do pecado que leva à morte, ou da obediência que leva à justiça? (Romanos 6:16 [NVI])

Meus amados, hoje quero falar da nossa relação com Deus. Que no Novo Testamento é freqüentemente exemplificada na relação "Senhor-Escravo".

Em primeiro lugar, o que afinal é ser um escravo?

Ser um escravo é: -Pertencer por COMPLETO a alguém que pagou um preço para se tornar seu Mestre, e moldar toda sua vida conforme sua vontade.

Isso é a melhor definição de um Escravo, uma pessoa que foi comprada, que teve seus direitos e liberdade vendidos a um preço. A partir dai essa pessoa é propriedade do comprador.

Isso não soa familiar? Deus nos comprou amados, pelo maior preço já pago na história do mundo. Ele pagou com a vida de seu único filho, Jesus Cristo morrendo na cruz, nos libertando do nosso antigo mestre o PECADO.

"e cancelou a escrita de dívida, que consistia em ordenanças, e que nos era contrária. Ele a removeu, pregando-a na cruz," (Colossenses 2:14)

Deus pagou um preço muito caro por nós, quando nós aceitamos isso. Quando aceitamos Jesus como nosso Senhor. Estamos ao mesmo tempo aceitando a nossa condição de Escravos dEle, passando a sermos propriedade de Deus.

"Mas agora que vocês foram libertados do pecado e se tornaram escravos de Deus, o fruto que colhem leva à santidade, e o seu fim é a vida eterna." (Romanos 6:22)

E não há nada melhor do que ser dEle.
Por que afinal, se existe um Senhor é por que existe Um Escravo, e vice versa.
Um escravo não tem direito de escolha, ele faz o que seu Mestre escolhe. Assim tem que ser na nossa relação com nosso Mestre Jesus. Fazemos a vontade dEle, não a nossa. Por que afinal Ele pagou um preço pela nossa obediência. Assim agradamos a Deus. E também a vontade de Deus é o melhor pra nossa vida, SEMPRE!

"Acaso busco eu agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo de Cristo." (Gálatas 1:10)
"Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus." (Romanos 12:2)

Um escravo é completamente dependente de seu Mestre, tanto para comida, bebida, roupas, segurança e proteção... Nós escravos de Cristo, também somos completamente dependentes do nosso Senhor. Pra comer, pra beber, pra viver, até para respirar. Assim somos ligados ao nosso dono para Sempre.

A Bíblia muitas vezes usa  a palavra Servo, quando deveria usar a palavra Escravo. Por exemplo em Romanos 1:1. Paulo chama a si mesmo de ESCRAVO, ele usa a palavra DOULOS que do grego literalmente é servo, mas a palavra mais correta a ser usada é Escravo.

Por que servo e escravo são diferentes?

Um servo trabalha por uma recompensa, o escravo não ele simplesmente propriedade do seu Mestre. Os religiosos são assim fazem uma lista de coisas para ganharem recompensas em troca, benção, dinheiro, amor e etc.  Deus não quer que sejamos assim, Ele nos amou primeiro   e quer que venhamos a buscar os propósitos do seu Reino por amor.

"buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas" (Mateus 6:33)

O servo é independente, vive os seus sonhos, faz sua própia vontade, pode trocar de mestre a qualquer hora.

Jesus Cristo é o nosso Mestre, obedecemos a sua vontade. E ser escravo dEle é o único jeito de se sentir VERDADEIRAMENTE livre.

Por que não há diferença, eu me atrevo a dizer. Todo ser humano é um escravo, logo isso é um pleonasmo, se é ser humano logo é escravo. 
Paulo especificou que tipo de escravo ele era (de Cristo), mas e os outros tipos?

*Escravo do Pecado
"Jesus respondeu: "Digo-lhes a verdade: Todo aquele que vive pecando é escravo do pecado." (João 8:34)

Aquele que não consegue parar de pecar, que isso se tornou uma rotina da qual a pessoa mesmo que quisesse não consegue parar. Vive para o pecado e o serve todos os dias.

*Escravo do Mundo
"Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente..." (Rom 12:2)
"E quando vocês orarem, não sejam como os hipócritas. Eles gostam de ficar orando em pé nas sinagogas e nas esquinas, a fim de serem vistos pelos outros. Eu lhes asseguro que eles já receberam sua plena recompensa."  (Mateus 6:5)

Você é um escravo do mundo quando busca a glória dos homens (como os fariseus faziam). Também quando o mundo estipula normas para você, e você acata com medo de reprovação. A roupa que você usa, o carro que você anda, o jeito como você fala e etc. Tudo isso pode acabar nos escravizando.

*Escravos de nós mesmos
"E chamando a si a multidão, com os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me." (Marcos 8:34)

Somos escravos de nós mesmos, quando só buscamos nossos propósitos, fazemos nossa vontade, nossos caminhos, nossa felicidade. Isso é muito errado, por que gera frustração, uma infinita busca por uma felicidade que não existe.
Sem falar que quando somos esse tipo de escravo, somos dominado pelo nosso ego. Seja para a raiva, para o orgulho, para a falta de perdão...

Sendo mais abrangente todo aquele que não pertence a Deus, pertence ao Diabo. Simples assim, ou se é de Deus ou não.
E é exatamente por isso que as pessoas não gostam desse termo por que ser escravo é abrir mão de si mesmo.

Que possamos servir a esse Deus como Ele merece.
Para realmente de fato nos tornarmos seus escravos.

OBS: Eu vou complementar esse post editando ele ainda.

Deus Abençoe
Lucas B.